IT – online

Notícias | Análises | Software Microsoft

A transformação dos cuidados de saúde na Europa

Deixe um comentário

msft_novoPor Rosália Rodrigues, Industry Market Development Manager na Microsoft Portugal

A Europa precisa de um check-up médico. O rápido crescimento populacional – de praticamente 2 milhões de pessoas por ano-, bem como o envelhecimento da população – um aumento de 2,3% de pessoas com mais de 65 anos nos últimos dez anos (Eurostat), coloca os serviços de saúde da Europa sob uma enorme pressão, em que a crescente procura supera a oferta.

O acesso aos cuidados médicos mais adequados é um desafio global. A elevada procura nas áreas urbanas torna difícil o cumprimento dos horários das consultas, ao mesmo tempo que habitantes de zonas mais rurais se veem obrigados a percorrer longas distâncias para consultar o médico mais próximo. O contacto dos pacientes com os profissionais de saúde é reativo, isto é, quando já se encontram doentes.  Mas e se conseguíssemos ser pró-ativos, garantindo que os pacientes obtêm aconselhamento personalizado quando mais necessitam? Com utilização inteligente de tecnologia, os prestadores de cuidados de saúde podem transformar-se  digitalmente, assegurando que todos conseguem aceder ao cuidado de saúde que necessitam.

Tirar melhor partido da informação

Existe tanta tecnologia disponível nos hospitais e consultórios médicos, que a quantidade de dados e informação gerada disparou, colocando desafios na sua análise. Através da Inteligência Artificial e ferramentas de analítica avançada, como o Microsoft Power BI, os clínicos podem extrair conhecimento  dos dados recolhidos e transformá-lo em ações que melhorem os resultados dos pacientes.

A DevScope, parceira da Microsoft, desenvolveu uma dessas soluções para o Centro Hospitalar São João no Porto. O HVITAL é uma plataforma de analítica clínica avançada capaz de prever até 30% das admissões na UCI, com sete dias de antecedência. A solução relaciona, com segurança, quantidades massivas de informação de pacientes em tempo real, incluindo sinais vitais, resultados laboratoriais e dados não estruturados dos diários clínicos. Os algoritmos de Machine Learning utilizados sobre essa informação permitem identificar pacientes em risco de deterioração clínica e alertar os respetivos médicos.

Além de melhorar os cuidados dos indivíduos, a transformação digital no setor da saúde permite também melhorar a saúde das comunidades em geral. Respeitando a privacidade, os profissionais da área podem acompanhar tendências demográficas e de saúde, eventos sociais, e outros fatores que possam influenciar a procura de serviços. Conhecendo antecipadamente quando, onde e qual o cuidado de saúde necessário, os prestadores poderão otimizar o planeamento de recursos, garantindo que têm os assets certos, disponíveis quando necessários.

Estender a relação com os pacientes fora do hospital

Esta transformação digital na saúde pode também facilitar a vida dos pacientes que necessitam de acompanhamento remoto ou ambulatório, ajudando-os a manterem-se saudáveis. Com o aparecimento de plataformas virtuais de saúde, os pacientes podem cuidar de si sem necessitar deslocação a um consultório médico. Utilizando aplicações móveis, chat-bots e ferramentas como o Skype, os pacientes podem agendar consultas e resolver problemas  de saúde remotamente. A tecnologia permite-lhes ligar a um médico, a quem fornecem acesso ao seu registo clínico, de forma segura através da cloud.

O Nordic Health Innovation (NHI) na Suécia, por exemplo, disponibiliza salas de cuidados virtuais em áreas remotas, equipadas com dispositivos inteligentes para efetuar testes simples e conectar virtualmente os pacientes com médicos e especialistas. Este serviço mudou completamente a vida dos idosos com dificuldades motoras e problemas de saúde como a diabetes, que requerem check-ups regulares. A plataforma baseada em Microsoft Azure permite ao NHI oferecer às populações rurais os mesmos serviços de qualidade a que teriam acesso numa grande cidade, sem que necessitem viajar e sair da sua comunidade.

Na última conferência do HIMSS, em Fevereiro passado, a Microsoft demonstrou como os nossos parceiros em saúde podem usar bots para ajudar os seus pacientes a encontrar a informação médica de que necessitam em casa, através da internet ou uma app. Com perguntas e respostas simples, os bots podem efetuar um diagnóstico e recomendação sobre se e quando os pacientes devem procurar tratamento médico. Simples, mas confiável, este tipo de ferramentas permite aliviar a concentração de pacientes nos consultórios e hospitais e reduzir o nível de ansiedade e  preocupação desnecessária nos doentes.

Capacitar as equipas de cuidados médicos

Para providenciar o melhor cuidado médico, é essencial que os profissionais de saúde tenham uma visão 360º dos seus pacientes. À medida que vão construindo o seu próprio registo clínico, amalgam dados digitalizados dos hospitais, dos médicos e de todos os seus prestadores de cuidados de saúde. Para aceder a esta informação, os profissionais necessitam de dispositivos portáteis e inteligentes, que possam ser utilizados em qualquer lugar e em qualquer momento – em rondas no hospital ou no atendimento domiciliário. Com esta tecnologia, as equipas podem colaborar, comunicar e consultarem-se entre si, de forma a coordenar planos de tratamento e disponibilizar melhores cuidados.

Indo mais longe, uma equipa capacitada com este tipo de tecnologia consegue oferecer melhores cuidados em condições particularmente exigentes. A ONG espanhola Fundación Acción Geoda realiza check-ups a mulheres grávidas na zona rural de Marrocos, usando apenas um aparelho de ecografia portátil e um Tablet Surface. Estas ecografias são essenciais para a saúde da mãe e do bebé, mas eram até agora impossíveis de realizar em locais como este, onde ao acesso à tecnologia é limitado. Mas agora, com tecnologia portátil robusta, podemos oferecer cuidados capazes de mudar vidas, mesmo nas zonas mais remotas do mundo.

O rumo a seguir

A tecnologia vai revolucionar os sistemas de saúde na Europa. À medida que a sociedade evolui e a pressão aumenta, os prestadores de cuidados de saúde que abracem a tecnologia e o digital serão os que irão oferecer os melhores cuidados de saúde. Com tecnologia, será possível oferecer cuidados de elevada qualidade a toda a gente, independentemente das suas circunstâncias. E ao fazê-lo, vamos melhorar a qualidade de vida para todos.

Para descobrir mais sobre a visão da Microsoft sobre o futuro dos cuidados médicos na HIMMS, clique aqui.

Para aprender mais sobre a importância da segurança cloud nos cuidados médicos, clique aqui.

Via Microsoft News Center.
Anúncios

Autor: nuno silva

IT Professional | Windows Insider MVP | Microsoft MVP - Windows Experience (2014-2016) | Microsoft Technical Beta Tester (Windows International Team) | MCC | Microsoft IT Advisory Council Member | Certified Microsoft Windows Phone Expert | Microsoft Virtual Academy Student | Windows Team Division Manager @ Microsoft Group Portugal (Facebook) | Member of the Microsoft Virtual Academy (MVA) Founders Club

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s