IT – online

Notícias | Análises | Software Microsoft

Microsoft e Embaixada dos EUA promovem encontro entre fundo de investimento Bain Capital e start ups nacionais

Deixe um comentário

msft_novoA Microsoft Portugal e a Embaixada dos Estados Unidos da América em Lisboa, selecionaram seis promissoras startups nacionais e dois parceiros para apresentar as suas soluções ao fundo de investimento Bain Capital.

Steve Pagliuca, co-chairman da firma sediada em Boston, e Judy Pagliuca, presidente da Pags Group, conheceram as ofertas das novas empresas portuguesas e revelaram a estratégia do fundo de investimento, que gere atualmente assets no valor de 75 mil milhões de dólares. Nos últimos anos, a Bain Capital investiu em companhias como o Linkedin (adquirido em 2016 pela Microsoft), mas também a Staples, Survey Monkey, entre outras.

O encontro foi motivado pela parceria entre a Embaixada dos EUA em Lisboa e a Microsoft Portugal, no âmbito do programa Ativar Portugal – que visa dar palco às startups portuguesas, facilitando o acesso a investidores, clientes e parceiros e oportunidades de internacionalização.

No encontro estiveram presentes responsáveis da DoDoc, HeartGenetics, Line Health, Probe.ly, Prodsmart e Tripaya, e ainda de dois parceiros, Bright Pixel e UPTEC.

Recorde-se que a Prodsmart foi a vencedora do Startup Challenge, feito em parceria entre a Microsoft e a Embaixada dos EUA, como parte do programa Journey to the Websummit 2016. Já a Probe.ly foi a vencedora da última edição do Lisbon Challenge, arrecadando 75 mil euros de investimento da Caixa Capital.

A Bain Capital é uma das maiores firmas de investimento privado, com 14 escritórios em todo o mundo e mais de 900 funcionários. Fundada em 1984, gere investimentos de capital privado, crédito, capital público e capital de risco.

Para Jason Nadal, responsável pela área de Desenvolvimento e Empreendedorismo da Microsoft Portugal, “este encontro demonstra o quão impressionante é ver o que acontece quando a Microsoft e a Embaixada dos Estados Unidos se unem e aproximam os maiores inovadores dos dois países. Isto só acontece quando existe um compromisso de longo prazo e uma visão comum. Ter o Steve e a Judy Pagliuca connosco para partilharem insights, objetivos e aprendizagens tem um grande impacto nas nossas startups. Estou ansioso para ver quais são os próximos passos”.

A Microsoft Portugal mantém assim o empenho no suporte dado às startups nacionais. Desde 2008, a subsidiária portuguesa da gigante de Redmond já apoiou mais de 2.000 startups. No início deste ano estão ativas pelo programa BizSpark 650.

Via Microsoft Press.

Anúncios

Autor: nuno silva

IT Professional | Windows Insider MVP | Microsoft MVP - Windows Experience (2014-2016) | Microsoft Technical Beta Tester (Windows International Team) | MCC | Microsoft IT Advisory Council Member | Certified Microsoft Windows Phone Expert | Microsoft Virtual Academy Student | Windows Team Division Manager @ Microsoft Group Portugal (Facebook) | Member of the Microsoft Virtual Academy (MVA) Founders Club

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s