IT – online

Notícias | Análises | Software Microsoft

Guias IT-online: Como utilizar o StorDiag.exe no Windows 10 Build 1607

Deixe um comentário

guias_itonlineNa Build 1607 do Windows 10, a Microsoft introduziu uma nova ferramenta que permite aos utilizadores e administradores de sistemas gerar um conjunto de logs que podem ajudar a identificar problemas nos discos e no sistema de ficheiros.

Esta ferramenta tem o nome de StorDiag.exe e ao ser executada via Command Prompt, vai correr em background um conjunto de outras ferramentas de diagnostico, onde se incluem o “CheckDisk” e o “fsutil”, e cujos resultados são guardados numa determinada localização. Através dos Logs gerados, é possível identificar eventuais problemas nos discos, incluindo ficheiros NTFS corrompidos.

Vejamos então como utilizar o StorDiag.exe no Windows 10 Build 1607.

Vamos através da combinação de teclas “WIN + X” abrir o menuPower User” e clicar em “Command Prompt (Admin)”.Screenshot (99)Com a janela do Command Prompt aberta, vamos escrever “StorDiag.exe /?” seguido de “Enter”, para obter ajuda sobre a sintaxe do programa.Screenshot (93)Depois de executado o comando anterior, é mostrada a forma como deve ser utilizado o StorDiag (StorDiag [-collectEtw] [-out ]) e os parâmetros disponíveis:

  • -collectEtw: Recolhe um log de 30 segundos do Event Tracing
  • -checkFSConsistency: Verifica a consistência do sistema de ficheiros NTFS.
  • -out: Especifica o caminho do output. Se não for especificado nenhum, os logs são guardados em %TEMP%\StorDiag

Screenshot (94)Agora que sabemos quais os parâmetros que podemos utilizar, vamos executar o seguinte comando para recolher um log do Event Tracing, verificar o sistema de ficheiros NTFS e guardar os logs numa determinada localização:

stordiag.exe -collectEtw -checkFSConsistency -out c:\users\nome_utilizador\desktopScreenshot (98)A análise é então iniciada e poderá demorar alguns minutos, sobretudo se existirem inúmeros discos para serem analisados. Este processo não faz qualquer correção a eventuais erros, cabendo depois aos utilizadores analisar a informação e efetuar as devidas correções.Screenshot (97)No final da análise, os utilizadores podem verificar os logs gerados na localização indicada anteriormente.Screenshot (100)Esta ferramenta de diagnostico é sem dúvida uma mais valia no Windows 10, ajudando utilizadores e administradores de sistema a recolher e analisar informação sobre eventuais problemas mais rapidamente, usando apenas um único comando.

Como sempre, espero que este guia seja útil a todos os que visitam o IT-online.

Autor: nuno silva

IT Professional | Windows Insider MVP | Microsoft MVP - Windows Experience (2014-2016)| Microsoft Technical Beta Tester (Windows International Team)|MCC | Microsoft IT Advisory Council Member | Certified Microsoft Windows Phone Expert | Microsoft Virtual Academy Student | Windows Team Division Manager @ Microsoft Group Portugal (Facebook)

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s