IT – online

Notícias | Análises | Software Microsoft

Guias IT-online: Como remover programas do arranque no Windows 10

Deixe um comentário

guias_itonlineAlgumas aplicações que usamos diariamente como o Skype, OneDrive, Evernote etc., estão configuradas nativamente para arrancarem assim que o Windows inicia. Apesar desta configuração permitir que estas aplicações fiquem disponíveis para utilização mais rapidamente, acaba por eventualmente tornar o próprio arranque do Windows mais lento, sobretudo se existirem muitas aplicações com entradas criadas na pasta arranque.

Para além de podermos configurar este comportamento nas definições destas aplicações, podemos usar as ferramentas nativas do Windows para remover ou inativar estas entradas do arranque. No Windows 7 e anteriores, é possível remover uma entrada do arranque abrindo a Configuração do Sistema (MSCONFIG) e no separador “Iniciar (Startup)” retirar o visto das entradas que queremos inativar.MSCONFIG WIN7No Windows 8.x e Windows 10, esta opção mudou de localização e está agora integrada no Gestor de Tarefas.MSCONFIG WIN10Vejamos então nos próximos passos deste guia, 2 formas de inativar/remover programa do arranque no Windows 10:

Através do Gestor de Tarefas

Vamos começar por abrir o Gestor de Tarefas através da combinação de teclasCTRL + SHIFT + ESC” ou, em alternativa, clicando com o botão direito do rato na barra de tarefas e em seguida em “Gestor de Tarefas”.Barra de Tarefas - Gestor de TarefasNa janela do “Gestor de Tarefas”, vamos clicar no separador “Arranque” para visualizar as aplicações com entradas criadas.

Nota: Caso o Gestor de Tarefas arranque minimizado, clique em “Mais detalhes” para ver todos os separadores.

Em seguida, vamos clicar com o botão direito do rato na aplicação que queremos impedir que arranque e conjunto com o Windows 10, e selecionar a opção “Desativar” para que a mesma seja removida da pasta “Arranque”.Gestor de Tarefas - ArranqueAtravés da Pasta Arranque

Na pasta arranque do Windows, é possível encontrar atalhos de aplicações que normalmente iniciam em conjunto com o sistema operativo. Se não quisermos que alguma destas aplicações inicie em conjunto com o Windows 10, podemos simplesmente eliminar o atalho existente nesta pasta.

Para isso, vamos abrir o Executar (WIN + R) e escreverShell:Startup” (sem aspas), seguido de “Enter”.shell:startupNa janela “Arranque”, vamos localizar o atalho da aplicação que queremos remover, clicamos com o botão direito do rato na mesma e selecionamos a opção “Eliminar”.Pasta ArranqueComo sempre, espero que este guia seja útil a todos os que visitam o IT-online.

Autor: nuno silva

IT Professional | Windows Insider MVP | Microsoft MVP - Windows Experience (2014-2016)| Microsoft Technical Beta Tester (Windows International Team)|MCC | Microsoft IT Advisory Council Member | Certified Microsoft Windows Phone Expert | Microsoft Virtual Academy Student | Windows Team Division Manager @ Microsoft Group Portugal (Facebook)

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s