IT – online

Notícias | Análises | Software Microsoft

Microsoft e AICEP assinam Protocolo para atração de mais investimento para Portugal

Deixe um comentário

image001A Microsoft Portugal assinou ontem um Memorando de Entendimento com a AICEP – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, no âmbito do qual se compromete a alargar o seu centro de apoio à computação Cloud, que no final de 2015 contará com um total de 200 profissionais altamente especializados. Contando neste momento com cerca de 150 técnicos, este centro tem vindo a crescer sustentadamente desde o final de 2013, altura em que a Microsoft Portugal conquistou para o País a instalação do suporte remoto em tecnologia Cloud para os mercados Europeu, Africano e Médio Oriente.

Com a criação destes 200 empregos diretos altamente especializados na tecnologia de maior aposta futura até 2015, a Microsoft Portugal reforça o seu compromisso e empenho na economia portuguesa, acreditando que Portugal poderá ser um dos futuros líderes da economia digital. Como afirma João Couto, diretor geral da Microsoft Portugal, “estamos muito satisfeitos com mais este passo agora dado, que reforça o posicionamento de Portugal na economia digital, e que coloca o País como uma alternativa credível para a atração de investimento altamente qualificado com base na qualidade do nosso capital humano e das condições regulatórias criadas para facilitar a atração de futuros novos investimentos”. Uma opinião também partilhada pelo ministro da Economia, António Pires de Lima, na assinatura do acordo: “Quero sublinhar que este memorando de entendimento confirma a grande aposta em Portugal como destino de referência para oportunidades de negócio na área das tecnologias de informação e comunicação“, sublinhou Pires de Lima. Este apoio do Governo é fundamental para que a subsidiária portuguesa possa continuar a trabalhar com a Microsoft Corporation para a captação de mais investimento para o País.microsoft (32)Sabendo que este é um contributo importante e fundamental para a formação e especialização de capital humano, o ministro da Economia reforçou ainda que “queremos competir pela excelência dos nossos recursos humanos, pela produtividade e dinamismo das nossas empresas e não propriamente pelo baixo custo das nossas pessoas”.

Com este objetivo de colocar Portugal na liderança da economia digital, este acordo prevê a criação de centros Cloud nas universidades e a colaboração com estas na revisão curricular. Tudo para que as novas gerações cheguem ao mercado de trabalho com competências de computação Cloud e o País passe a ser reconhecido a nível internacional pelos seus recursos humanos cada vez mais qualificados, e se assuma como um centro de nearshoring em tecnologia Cloud na Europa.

O Memorando de Entendimento ontem assinado prevê ainda a consolidação de centro de Investigação & Desenvolvimento em tecnologias de reconhecimento de fala, e a permanência em Portugal deste importante investimento, que conta com 35 engenheiros, entre um polo em Lisboa e outro na região Norte.

Autor: nuno silva

IT Professional | Windows Insider MVP | Microsoft MVP - Windows Experience (2014-2016)| Microsoft Technical Beta Tester (Windows International Team)|MCC | Microsoft IT Advisory Council Member | Certified Microsoft Windows Phone Expert | Microsoft Virtual Academy Student | Windows Team Division Manager @ Microsoft Group Portugal (Facebook)

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s