IT – online

Notícias | Análises | Software Microsoft

Office 365 ultrapassa meio milhão de utilizadores individuais e é já usado por mais de 5.000 empresas em Portugal

Deixe um comentário

Office365logoOrange_WebO Office 365, o serviço de comunicação, colaboração e produtividade da Microsoft, gera atualmente 1,5 mil milhões de dólares de receitas anuais. Este foi um dos dados partilhados esta manhã por Alberto Silva, Gestor do Microsoft Office na Microsoft Portugal, na apresentação da versão mais recente do serviço: o Office 365 Pessoal, que vem agora completar a gama de serviços disponível na Cloud.

O serviço revela o crescimento mais rápido de sempre em toda a história da Microsoft, fazendo hoje parte da vida de mais de 60% das empresas que compõem a lista da ‘Fortune 500’. Um em cada quatro clientes empresariais, a nível mundial, utiliza o Office 365 no seu dia-a-dia, sendo que hoje, em Portugal, são mais de 5.400 as empresas que optaram pela versão Cloud das ferramentas de produtividade da Microsoft, 50% das quais integram o PSI20. Valores que cresceram exponencialmente entre 2013 e 2014 no segmento empresarial, mas também na área da educação, com mais de 600 mil utilizadores individuais de Office 365, um valor que contrasta com os 50 mil utilizadores registados em 2013, e mais de 600 escolas e universidades a beneficiarem hoje do serviço, quando comparadas com apenas 10 instituições de ensino no ano anterior. Além disso, o Office 365 para Edução, foi a plataforma escolhida para integrar os 214 novos centros que compõem a Rede Nacional para a Qualificação e Ensino Profissional, apresentados pela Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional (ANQEP), com o apoio do Ministério da Educação e Ciência e da Microsoft Portugal. É de esperar que o Office 365 no ensino profissional conte com 10.000 novos utilizadores no primeiro ano.

No segmento de consumo a tendência revela-se também positiva, com 3,5 milhões de subscritores mundiais a utilizarem o serviço Office 365.

O Office 365 tem revelado um crescimento exponencial e a sua penetração no mercado nacional tem sido um sucesso no segmento empresarial e também no segmento de consumo, onde está há pouco mais de um ano. Esta tendência de crescimento revela uma mudança de paradigma e uma maior perceção por parte das empresas portuguesas das vantagens do modelo de produtividade na Cloud e da proposta de valor que serviços como o Office 365 têm ao nível da produtividade, eficiência e flexibilidade na comunicação, custos alocados à gestão de recursos e, sobretudo, na capacidade competitiva das organizações. Os números falam por si e a expetativa é aumentar a penetração do serviço a dois dígitos nos próximos três anos”, afirma Alberto Silva.

Cloud-first, mobile-first: o Office em todos os dispositivos

No contexto atual, a Cloud e a mobilidade assumem um papel fundamental na forma como os utilizadores acedem e partilham informação. A proliferação de dispositivos móveis tem acelerado a necessidade de serviços sempre conectados e sincronizados, independentemente de quando e como se acede aos dados.

Alinhado com uma estratégia de inovação criada para oferecer uma experiência unificada e consistente entre dispositivos, o Office vê agora a sua utilização ampliada a todos os dispositivos móveis, nomeadamente com a disponibilização gratuita do Office Apps para iPad, concebido de raiz para a experiência de toque do iPad. Adicionalmente, smartphones Windows Phone, iOS e Android contam agora com versões Office totalmente gratuitas para a visualização e edição de documentos. O Office OneNote também já disponível para Macs, de forma gratuita e em todas as plataformas.

Centro Europeu de Suporte Office 365: Portugal como centro de excelência

Em dezembro de 2013 a Microsoft anunciou a ampliação do seu Centro Europeu de Suporte telefónico, com a criação de um centro específico de suporte telefónico a clientes empresariais especializado em Office 365. Isto implicou um investimento de cerca de 2 milhões de euros e a contratação de 25 técnicos altamente qualificados. Este novo centro veio juntar-se ao já existente Centro Internacional de Suporte a Clientes Empresariais, sedeado no edifício da Microsoft em Portugal.

A vinda para Portugal da capacidade de suporte internacional a uma das mais modernas tecnologias da Microsoft como o Office 365, que apresenta um dos mais elevados potenciais de crescimento a curto prazo, é a prova do reconhecimento da capacidade dos técnicos portugueses e é um passo firme no caminho que a Microsoft Portugal está a traçar de afirmar o País como um centro de nearshore maioritariamente para a Europa e África (sobretudo norte de África e países de expressão portuguesa). Portugal consegue provar a sua vantagem competitiva, aliando com mestria a qualidade dos recursos e do serviço prestado, com custos controlados”, comentou Alberto Silva.

Autor: nuno silva

IT Professional | Windows Insider MVP | Microsoft MVP - Windows Experience (2014-2016)| Microsoft Technical Beta Tester (Windows International Team)|MCC | Microsoft IT Advisory Council Member | Certified Microsoft Windows Phone Expert | Microsoft Virtual Academy Student | Windows Team Division Manager @ Microsoft Group Portugal (Facebook)

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s