IT – online

Notícias | Análises | Software Microsoft

Toshiba analisa o mercado em 2013 e revela tendências para 2014

Deixe um comentário

Toshiba-Logo-red-bmp-400dpiA venda de computadores portáteis em Portugal no ano passado atingiu as 548 mil unidades, o que equivale a um decréscimo de 8,5% face a 2012. Analisando por canal de distribuição, o segmento de consumo caiu 6%,e o segmento empresarial -9%, consequência da forte retração sentida ao longo de todo o ano. Estas são algumas das conclusões da Toshiba relativamente a 2013, na oitava edição do seu Observatório, uma iniciativa que analisa a evolução do mercado tecnológico e aponta tendências para os próximos anos.

O Observatório Toshiba realça ainda que os primeiros 9 meses de 2013 foram instáveis mas que a procura por estes equipamentos tecnológicos voltou a ganhar força depois do verão. O clima de confiança e os indicadores económicos positivos divulgados no final do ano, contribuíram para o aumento, procura reforçada pelo lançamento do Windows 8.1, no segmento consumo, e pela renovação dos parques instalados no sector empresarial.

Excluindo netbooks, os portáteis registaram um crescimento de 3%, o que reforça o posicionamento da ultramobilidade, que já representa 21% dos portáteis vendidos em 2013. Os portáteis com ecrã táctil continuam a ganhar peso, representando 5% das vendas.

Relativamente ao mercado dos tablets, em 2013 venderam-se 760 mil unidades, o que equivale a um crescimento de 134% face ao ano anterior. A quantidade de tablets vendidos ultrapassou os portáteis, situação que se inverte quando analisamos o peso em valor de cada segmento – em que os portáteis representam mais de 70%. O crescimento dos tablets resulta essencialmente do seu baixo preço, tendo preço médio 3x inferior aos portáteis.

O Observatório Toshiba conclui ainda que o mercado consolidado de portáteis + tablets continua a crescer. Em 2013 foram adquiridos 1.3 milhões de unidades, +42% que em 2012,  prevendo-se que em  2014 se ultrapassem os 1.5 milhões de unidades.

O mercado portáteis deverá regressar ao crescimento positivo em 2014 (0 a 3% YoY), mantendo-se a tendência positiva do final de 2013 . O fim do suporte ao Windows XP irá ser um catalisador da procura no segmento B2B, que deverá consolidar-se pelas empresas que se preparam para modernizar o seu parque instalado e investir em ferramentas de produtividade. O segmento de consumo serrá animado pela chegada de novos e mais atractivos formatos híbridos e ultraportáteis.

Toshiba Portugal consolida presença

Para a Toshiba Portugal, 2013 foi um ano de reforço do seu posicionamento no mercado dos portáteis. Em 2013 a Toshiba Portugal registou um volume de vendas de 118.000 portáteis, atingido uma quota de mercado de 22% .

Segundo Joao Amaral, Regional General Manager Portugal e Espanha “Para 2014 os principais objetivos da Toshiba Portugal são reforçar a quota de mercado dos portáteis acima dos 20%, crescer 5% acima do mercado e consolidar como player relevante no ecossistema Windows. Manter a aposta estratégica no mercado empresarial, por ser aquele onde estão as maiores oportunidades, sem perder enfoque no mercado consumo”

Autor: nuno silva

IT Professional | Windows Insider MVP | Microsoft MVP - Windows Experience (2014-2016)| Microsoft Technical Beta Tester (Windows International Team)|MCC | Microsoft IT Advisory Council Member | Certified Microsoft Windows Phone Expert | Microsoft Virtual Academy Student | Windows Team Division Manager @ Microsoft Group Portugal (Facebook)

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s