IT – online

Notícias | Análises | Software Microsoft

Guias IT-online: Como utilizar o Microsoft Standalone System Sweeper

1 Comentário

Todos nós, certamente já nos deparamos com problemas em máquinas que, devido a grandes infecções provocadas por vírus, malaware ou rootkits, ficaram impossibilitadas de arrancarem nas condições normais ou mesmo possibilitarem o acesso à solução anti-virus que usamos, para dessa forma podermos remover essas mesmas ameaças.

Empresas bastante conhecidas no mercados dos Anti-Virus, disponibilizam os conhecidos “rescue disk” que possibilitam o arranque da máquina sem aceder directamente ao sistema operativo e em modo offline, efectuar a análise e remoção das ameaças existentes.

Hoje, a Microsoft disponibilizou a Beta do  Microsoft Standalone System Sweeper no site Microsoft Connect. Esta ferramenta vai-nos permitir criar um disco de arranque e que contém um motor anti-virus incorporado e que pode ser utilizado para efectuar scans offline.

Vejamos os requisitos e como criar um rescue disk com o  Microsoft Standalone System Sweeper:

Sistemas Operativos:

Windows XP Service Pack 3; Windows Vista (RTM, Service Pack 1,  Service Pack 2, ou superior)

Windows 7 (RTM, Service Pack 1, ou superior).

Processador:

Windows XP: 1.0 GHz ou superior

Windows Vista e Windows 7: 1.0 GHz ou superior

Memória:

Windows XP: 768 MB RAM ou superior

Windows Vista e Windows 7: 1 GB RAM ou superior

Placa Gráfica: 800 × 600 ou superior

Espaço em Disco: 500 MB

Ligação à Internet: Requisito para download e instalação das definições actualizadas para o anti-virus

Browser: Windows Internet Explorer 6.0 ou superior

Para iniciar a criação do nosso rescue disk, deveremos fazer o download do Microsoft Standalone System Sweeper, na versão correspondente à versão do sistema operativo instalada na máquina infectada, ou seja, 32 ou 64 bits:

Microsoft Standalone System Sweeper 32 bits

Microsoft Standalone System Sweeper 64 bits

Uma vez efectuado o download, vamos proceder à instalação do mssstool e criar o nosso rescue disk.

Uma vez aberto o executável, clicamos em seguinte e aceitamos os termos da licença apresentada:

Em seguida, vamos seleccionar o formato para criar o Rescue Disk. Podemos optar por gravar directamente num CD/DVD, criar um Pendrive com sistema de Boot incorporado ou ainda gravar uma imagem ISO. Para este guia, foi escolhida a Opção ISO File (Advanced).

 O próximo passo é indicar o caminho onde será guardado o ISO depois de criado, podendo o utilizador optar pela localização por defeito:

Uma vez seleccionadas as opções anteriores, clicamos em Seguinte para dar inicio ao download dos ficheiros necessários e criação do respectivo ISO:

No final deste processo, são apresentadas algumas informações adicionais sobre a utilização do Microsoft Standalone System Sweeper:

Como podem observar, a criação do Rescue Disk é bastante intuitiva e demora pouco mais de 10 minutos até todo o processo estar concluído.

Agora que já possuímos o rescue disk, vamos proceder à limpeza da máquina infectada.

Para iniciar o arranque via DVD ou Pen USB, deverão alterar a selecção do dispositivo de arranque na BIOS, caso não o tenham feito anteriormente.

Uma vez iniciado o arranque, o ambiente apresentado é bastante familiar, uma vez que se assemelha a um ambiente de instalação do Windows.

Assim que rescue disk completa o processo de arranque, é lançado o Standalone System Sweeper.

A janela possui um interface bastante simples e muito idêntico ao Microsoft Security Essentials.

Antes de iniciarmos o scan ao sistema, é recomendado que seja actualizado a base de dados das definições do anti-virus, ou que se indique a localização das definições previamente descarregadas e guardadas num pen usb por exemplo. As definições poderão ser descarregadas do seguinte link: http://www.microsoft.com/security/portal/Definitions/ADL.aspx.

Uma vez actualizadas as definições, podemos então iniciar o scan ao nosso sistema, podendo optar por um Full Scan ou  Custom scan.

Uma vez analisado a máquina e as ameaças eliminadas, basta fechar o Standalone System Sweeper e aguardar pelo arranque normal da máquina.

Nota Final:

O uso desta ferramenta não deverá substituir o uso de um anti-virus como o Endpoint Protection, o Microsoft Security Essential ou qualquer outro da confiança do utilizador.

Assim termina mais um guia da nova série de Guias IT-Online.

Fiquem atentos, brevemente terei novos conteúdos.

Cumps,

NS

Autor: nuno silva

IT Professional | Windows Insider MVP | Microsoft MVP - Windows Experience (2014-2016)| Microsoft Technical Beta Tester (Windows International Team)|MCC | Microsoft IT Advisory Council Member | Certified Microsoft Windows Phone Expert | Microsoft Virtual Academy Student | Windows Team Division Manager @ Microsoft Group Portugal (Facebook)

One thought on “Guias IT-online: Como utilizar o Microsoft Standalone System Sweeper

  1. Pingback: Microsoft disponibiliza Windows Defender Offline Beta « IT – online

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s